Blog Bavera | Bavera

A história dos doces pelo mundo

Publicado em 21/01/2019

A história dos doces pelo mundo


Você é daquele tipo de pessoa apaixonada por doces que quando vai preparar o cardápio pra um jantar já pensa logo na sobremesa? Saiba que você vai amar esse texto!


Não se assuste, porém, tenho que te contar que o costume de comer doces nem sempre existiu! Por isso, se atualmente você ama uma boa sobremesa, saiba que é preciso saber um pouco mais sobre a história dessas adocicadas guloseimas para entender melhor nossos hábitos atuais!


Um doce começo


Os doces sempre estiveram relacionados à celebrações e bons momentos, porém, antigamente, os pratos misturavam o doce com o salgado. Os primeiros registros são do século I a.C., onde eram feitos cremes e pudins, com leite, ovos, mel e pimenta do reino.


Na Europa, o mel também era utilizado para caramelizar frutas, amêndoas e avelãs durante as comemorações, já que no continente não existia açúcar, sendo essa uma especiaria caríssima vinda do mundo árabe. 


Em 1.200 d.C., a sobremesa começou a ser incluída nos cardápios, porém, ela era servida antes da refeição principal, pois acreditavam que o sabor adocicado abria o estômago e atiçava a fome dos convidados.


Somente no século XIV e com a expansão marítima, ingredientes como açúcar de cana, cacau, canela, noz-moscada e o cravo da índia começaram a ter preços mais acessíveis e a se tornarem populares em todo o mundo. 


Conheça nossa seção de Portas Doces, Clique Aqui


Depois do açúcar de cana, veio o açúcar de beterraba em 1801 e assim receitas, como a do nosso famoso sorvete começaram a surgir! Em seguida os estabelecimentos comerciais especializados em confeitaria se estabeleceram e aí estão até hoje!

Quem diria que a sua sobremesa demoraria tanto tempo para ficar pronta, não é mesmo?! 

Os doces do Brasil

No Brasil, os doces começaram a surgir no período colonial, principalmente no século XVII com a propagação dos engenhos de açúcar no país. 


As nossas sobremesas típicas foram evoluindo das frutas caramelizadas e cristalizadas para doces em compota e à base de ovos. 


Com influência portuguesa, o quindim, a ambrosia, o manjar e o pudim, viraram importantes sobremesas da culinária brasileira, culinária essa única e diversificada!


Em cada canto do país temos doces típicos que foram criados de acordo com os costumes e ingredientes locais. O bolo de rolo pernambucano, o doce de buriti do norte, o famoso brigadeiro do sudeste e a cuca gaúcha são exemplos dessa diversidade. 


Como servir doces e sobremesas


Para muitas pessoas, os doces e sobremesas são os verdadeiros pratos principais de qualquer refeição, por isso é muito importante que eles sejam armazenados e servidos da melhor maneira possível, dando um toque especial para qualquer ocasião. 


Utilize louças e talheres específicos para sobremesa e na hora de montar sua mesa de doces, não se esqueça das bombonieres e dos pratos para doces. Dependendo do seu cardápio, sua sobremesa pode ficar ainda mais linda e saborosa em uma bela taça para sobremesa.

Apresentação também conta e muito!  


Pra finalizar, que tal uma receita?! Finalize o seu jantar com esse manjar e receba todos os elogios!


Manjar de leite em pó


Ingredientes

11 colheres de leite ninho

1/2 litro de água

3 colheres de maizena dissolvidas em 1 copo de água fria

1 pacotinho de coco ralado

3 colheres de açúcar

10 ameixas secas em calda para enfeitar


Modo de preparo

Ferver a água, adicionar o leite em pó e deixar ferver por uns 5 minutos.

Acrescentar, adicionar a maizena dissolvida na água fria, mexer sem parar.

Adicionar o coco ralado, o açúcar, deixar ferver por mais 5 minutos.

Colocar em um recipiente e deixar esfriar.

Colocar a calda de ameixa em cima e enfeitar.




<-- Voltar